« Voltar

Notícia

Sem risco de faltar etanol

30/09/2014

Quebra na safra de cana deve reduzir exportação, mas mistura de anidro à gasolina está garantida.

Culpa do longo período de estiagem, que se estendeu desde as últimas semanas de dezembro até julho deste ano no Sudeste, provocando maiores estragos nos canaviais em São Paulo, as usinas de açúcar e etanol do Centro-Sul, região que responde por mais de 90%da produçao brasileira, deixarão de moer entre 64,1 milhões e 69,1 milhões de toneladas, uma redução em torno de 10,5% a 11% em relação às previsões iniciais, segundo o diretor técnico da UNICA – União da Indústria de Cana-de-Açúcar, Antonio de Pádua Rodrigues.

Leia a matéria completa neste link, e à página 72,  o depoimento de André M. Nassar,  sobre as incertezas do mercado internacional, particularmente em relação à Europa e Estados Unidos, mercados esses, relevantes para o etanol.  Fala ainda da bioeletricidade como uma alternativa importante para o setor.

Matéria: Lauro Veiga Filho
Fonte: Jornal Valor Econômico - Especial Agrícola - A Força do Campo, edição setembro.




Tel: +55 (11) 3025-0500

E-mail: agroicone@agroicone.com.br

Avenida Angélica, nº 2447 conjunto 173 - Higienópolis

CEP 01227-200 São Paulo/SP - Brasil