« Voltar

Notícia

Fórum de Alimentos e Energia: planejamento de políticas públicas a longo prazo para Brasil ter melhor competitividade no mercado global

25/08/2015

Rodrigo Lima fala em entrevista ao programa “A Hora do Agronegócio” na  Rádio Jovem Pan. (entre o tempo 12:40 e 16:30 do arquivo de audio)






A Hora do Agronegócio" faz cobertura integral do 14º Congresso da ABAG

No giro de notícias, José Luiz Tejon divulga um estudo do Conselho de Informações sobre Biotecnologia que revela que a produção de oleoginosas aumentou depois da aprovação da primeira soja transgênica do País, em 1998.

Entre 1998 e 2015, com o advento da biotecnologia, a elevação na produtividade foi de 27%. O caso do milho não é diferente e no intervalo dos anos     2001 e 2007, quando o primeiro milho geneticamente modificado foi aprovado no Brasil, a produtividade do grão cresceu 12%.

"A Hora do Agronegócio" também veicula mais uma parte do 14º Congresso Brasileiro de Agronegócio, realizado nos dias 3 e 4 de agosto, em São Paulo. Desta vez, o destaque foi para o Fórum de Alimentos e Energia e a necessidade de planejar políticas públicas a longo prazo para que o Brasil possa ter melhor competitividade no mercado global. Para esta discussão, foram ouvidos o diretor geral da Agroicone, Rodrigo Lima, e o presidente da Aprosoja, Almir Dalpasquale.

A especialista em sustentabilidade da ABAG, Beatriz Secaf, também comenta o Fórum de Alimentos. Ele destaca que, no mundo, a produtividade de comida deve aumentar 35% até 2030, de acordo com estimativas do Conselho de Inteligência dos Estados Unidos. Isto significa que a redução do desperdício de alimentos deve ser um desafio a ser trabalhado, além do impulso real na produção.

O diretor executivo da Associação Nacional de Defesa Vegetal (ANDEF), Eduardo Daher, também participa e fala a respeito de agrotóxicos, também chamado como defensivo agrícola. Daher explica que a intitulação "agrotóxico" surgiu em 1989 pelos ambientalistas, mas que é importante lembrar das diferentes vertentes, como inseticidas, herbicidas e fungicidas.
"A Hora do Agronegócio" é produzido por Mariana Grilli, editado por Reginaldo Lopes e vai ao ar todos os domingos, às 07h00. Mercado, sustentabilidade, opinião: o agronegócio em todas as esferas com José Luiz Tejon.

Fonte:
http://jovempan.uol.com.br/programas/agronegocios/hora-do-agronegocio-debate-agrotoxicos-e-aquicultura-e-repercute-o-14-congresso-da-abag.html

Tel: +55 (11) 3025-0500

E-mail: agroicone@agroicone.com.br

Avenida Angélica, nº 2447 conjunto 173 - Higienópolis

CEP 01227-200 São Paulo/SP - Brasil