« Voltar

Notícia

2ª Assembleia da Tropical Forest Alliance (TFA): como construir ações efetivas que promovam cadeias livres de desmatamento

04/04/2017

3 TFA 2020.jpg


Os temas centrais da 2ª Assembleia Geral da Tropical Forest Alliance - TFA, ocorrida em Brasília nos dias 18 a 22 de março, foram como promover cadeias produtivas livres de desmatamento, exemplos de originação de produtos do agro com baixo risco de desmatamento e como criar mecanismos financeiros para evitar desmatamento. A Agroicone participou da reunião considerando dois enfoques prioritários no tocante ao uso da terra e combate ao desmatamento ilegal: i) a adequação ao Código Florestal, que é essencial para combater desmatamento ilegal e promover a adequação ambiental em terras privadas (ver Projeto Iniciativas para Uso da Terra – INPUT); e ii) a restauração de pastagens e a intensificação da pecuária como instrumentos chaves para aumentar produtividade e acomodar expansão da agricultura.


Para a Agroicone, os próximos 5 anos serão essenciais no processo de implementação do Código Florestal. A validação do Cadastro Ambiental Rural (CAR), a adesão aos Programas de Regularização Ambiental (PRAs) e o início das ações de regularização de áreas desmatadas permitirão um controle preciso tanto da adequação dos produtores, o que será essencial junto às cadeias produtivas, quanto da dinâmica de uso da terra considerando desmatamento ilegal e legal.  


A TFA é uma iniciativa público-privada criada durante a Rio+20, com base no compromisso de desmatamento líquido zero assumido pelo Consumer Goods Forum (CGF), que tem a agenda de evitar desmatamento na produção de palma, soja, carne, papel e celulose como forma de reduzir emissões de GEEs, melhorar as condições de vida de pequenos agricultores, conservar os hábitats naturais e proteger as florestas tropicais para as futuras gerações. É válido observar que o CGF, em parceria com os Estados Unidos, criaram a TFA como uma iniciativa voltada para promover a agenda de desmatamento líquido zero. Os membros da TFA compreendem diversas ONGs (TNC, WWF, Solidariedad, National Wildlife Federation), empresas (Golden Agri-Resources, Nestle, Unilever, Cargill, Mondelez, Mars, Marfrig, M&S, Mc Donalds, PWC, Wilmar International, Walmart, dentre outras) e países (Estados Unidos, Reino Unido, Indonésia, Noruega, Liberia, Gana, Holanda, Costa do Marfim, dentre outros). 


Durante o evento, o ministro do Clima e Meio Ambiente da Noruega, Vidar Helgesen, anunciou a criação de um fundo com o Ministério do Meio Ambiente brasileiro destinado a fomentar investimentos em agricultura sustentável. A primeira contribuição será de 100 milhões de dólares, visando atingir um total de 400 milhões de dólares até 2020, mas com potencial de chegar a 1,6 bilhão de dólares. Este fundo, assim como outras iniciativas de financiamento que venham a ser criadas pelos membros da TFA, é fundamental para viabilizar a ambiciosa agenda de adequação ao Código Florestal e intensificação da pecuária no Brasil.

 

Site TFA

Relatório anual TFA

Autor: Rodrigo C. A. Lima

Tel: +55 (11) 3025-0500

E-mail: agroicone@agroicone.com.br

Avenida Angélica, nº 2447 conjunto 173 - Higienópolis

CEP 01227-200 São Paulo/SP - Brasil